Site de Poesias

Menu

Por um momento

Por um momento, o chao desapareceu sob meus pés

Busquei a proteçao do ser amado, mas foi inútil

Pude sentir na boca o gosto amargo da solidão

E na pele, o frio cruel do desamor...

No céu não havia mais lua,

O sol também se fora...

As estrelas nao ousaram aparecer naquela triste noite.

Vi os sonhos cor-de-rosa tornarem-se vagas lembranças

Talvez, doces ilusões...

Planos e fantasias despedaçados,

Espalhados pelo espaço vazio como folhas ao vento...

O coração covarde batia apressado

Angustiado pelo medo de ter sua metade arrancada sem piedade.

Sombras de um passado, medo, temores e pesadelos

Tornaram-se ameças reais

A um amor que nasceu destinado a eternidade.

Por um momento, nada mais fazia sentido

Minha alma foi dominada pela tristeza,

Subitamente...

Por um momento, olhei no espelho e nao me reconheci

Por um momento, nao pude me ver

Pois nesse momento, não sentia você.

Compartilhar

eu te amo muito, Dani

maria clara
15/09/2008

  • 5 comentários
  • 464 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados