Site de Poesias

Menu

Disfarce de Amor

[Ilustração não carregada]

 
Disfarce de Amor
 
Acordei camuflada de amor.
Das pessoas afastei a dor.
 
Frustrei em amantes o desentendimento,
Evitando muito sofrimento.
 
No mundo, propaguei serenidade,
Enchi corações de felicidade.
 
Pintei muitas vidas de dourado
Fiz de cada ser um apaixonado.
 
Parei e sobre meus feitos refleti.
Fiz pouco. Cansada desisti.
 
Qualquer dia, quem sabe, me disfarçarei
De novo de amor e este mundo mudarei.
 
Mardilê Friedrich Fabre
 
Publicado no Recanto das Letras
Código do Texto: T1045276
 

 

Compartilhar

27/08/2008

  • 1 comentário
  • 1890 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados