Site de Poesias

Menu

" Lapidação " ( Indriso )

[Ilustração não carregada]

 

Sou pedra bruta

Recolhida na gruta

Em mármore frio talhada


Sou pedra lapidada

Diariamente moldada

Até ficar bem torneada


Pelas mãos do oleiro sou esquartejada

 

Até me tornar... figura encantada

 

                               **  Úrsula A. Vairo Maia **

 

 

* Direitos autorais registrados

 

Compartilhar

Queridos visitantes e colegas,
Quando examinamos a nós mesmos, a cada dia percebemos o quanto precisamos mudar, melhorar, crescer emocional e espiritualmente. A vida é um palco de erros e acertos, onde nossas personagens desfilam. O mundo nos oferece máscaras, quando deveríamos estar de rosto limpo, face alva e translúcida. Que sejamos nós mesmos, sem deixar de repensar nossas mazelas. em meu cantinho


17/08/2008