Site de Poesias

Menu

Laham Jat

[Ilustração não carregada]

 
Salve Laham Jat, reversão
eis meus olhos, umidade que espera ao bem que me queres,
portanto não haja em ti qualquer medo a conformar-se,
vislumbra o Mantra a tocar-se,
Baba Nam kevalam!
Flor do Lótus, Om Mani Padme Hum,
a trilharmos Ananda Marga,
nunca extirpação, inimiga eterna de toda Essência
d’onde o Amor, aproximação de dois inteiros
não a união de duas metades,
faz-se a Transcendência, coração.
Eu, teu templo proibido, dar-te- ei Abal...
Conhecimento, Revelação e Magia
a dissiparem as brumas que há entre Avalon e nós,
ser-te-ei Awen... Fêmea nome indicado,
à tua alma poeta, Inspiração
e da tua alma à minha,
Elemento essencial ao meu Beltane
quando do Blessed Be, na fogueira, funda-se  nossa Una Alma Universal.
 

Compartilhar

"Om Sri Ganeshaya Namaha Om Ganesha Om"... removendo nossos obstáculos! Goiânia, 28.07.08 - 14h22m


28/07/2008

  • 0 comentários
  • 282 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados