Site de Poesias

Menu

O diálogo com a vida

Poeta: Eu não consigo entender,

mas posso desconfiar.

O que eu tenho que fazer,

para uma paixão não se acabar?

 

Primeiro dei amor e carinho,

para um coração conquistar.

Não ganhei nem a metade,

do que prometi dar.

 

Agora relaxei,

estraguei um coração.

E ganhei como castigo,

o final dessa paixão.

 

Será mais uma lição

que a vida me ensinou?

Assumo eu errei,

o romance acabou.

 

Vida: Aprenda, cuide bem,

não a trate mal.

Prometa ser fiel,

e seja mais legal.

 

Poeta: Mas foi o que eu fiz,

na primeira relação.

E o que ganhei em troca?

Uma dor no coração...

 

Vida: Mas isso não importa,

ela que não aproveitou.

Devia ter feito isso,

com a última que amou.

 

Poeta: Se agora eu errei,

já não vai mais importar.

Terei que me corrigir,

com a próxima que amar.

 

Agora aprendi

mais uma lição.

Se esnobar a próxima,

irei ferir meu coração.

 

 

 

Compartilhar

Em caasa, inspirado, necessitando escrever.

Iago Pari Machado
24/07/2008