Site de Poesias

Menu

A alma da poesia

[Ilustração não carregada]

Poesia é algo que vem de dentro
Desponta do fundo da alma
Traduz valores, desejos, sentimentos
É uma mistura de encanto e desalento
É a nudez do que está oculto
É a descoberta de si mesmo
É o esmero da vida e do luto

Poesia é arte, é coisa fina
É o abrir da densa cortina
Que cobre o âmago do ser
É o despertar do que está adormecido
É aquilo que não se pode entender
Sem o olhar que alcança o horizonte
Sem a curiosidade peculiar dos infantes
Sem a inquietude dos jovens
Sem o borbulhar dos amantes

Poesia é devaneio, sonho e beleza
É encontro programado , é também surpresa
Poesia é dor e prazer
Palco de sombras e luzes... incerteza

 

* Poesia publicada em Antologia da Câmara Brasileira de Jovens Escritores- Julho de 2008

 

 

 

Compartilhar

Para nós que temos alma de poeta, falar da alma da poesia é um deleite. Que o prazer de compor versos e/ou de digeri-los nos permita viver mais felizes, menos adoecidos.

* Obrigada pela sua visita e por respeitar os direitos autorais Em meu cantinho


09/07/2008