Site de Poesias

Menu

***ADÃO E EVA***


 
Amo, não gostaria de ser o seu Adão.
Sinto muito amor, tristeza e saudades.
Desejo a cristalina luz da sua verdade
Mesmo que traga fel e dor ao coração
 
Minha Eva, você não soube me amar.
Todos meus sonhos buscam por você
Sou um masoquista, fico a tua mercê.
Sonho que um dia venha me consolar
 
O seu amor é a tua luz que brilha em mim
Meu sentimento é de paixão grande amada
O coração já deixou de ser o meu camarada
 
Sem você não sei viver, vejo chegar o fim.
Sou o Adão da sua história, Eva encantada.
Porque faz assim, minha eterna enamorada.
 
José Aprígio da Silva.
Feito: 29/06/08 – 08h03.
 

Compartilhar

Ceilândia 03/07/08

José Aprígio da Silva
03/07/2008

  • 0 comentários
  • 574 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados