Site de Poesias

Menu

Desejo

Nesta madrugada de domingo, desejo que o mundo não seja bunda,
Que certos porquês calem outros porquês,
que não pensemos que a ignorância , pode escravizar apenas o português,

Desejo que respeitada seja a liberdade de expressão,
mas que o excesso não gere convulsão,
que descrubramos o prazer e a paz de amar,
que não sintamos isto somente ao olhar o mar.

A vida é cheia de porquês, pronomes e superlativos,
Mas tudo pode ser tão relativo,
se tocarmos o amor e ele nos tocar,
uma trombeta então, sentirás ecoar.

por: Marcelo da Silva Tinoco

Compartilhar
Marcelo da Silva Tinoco
22/06/2008

  • 1 comentário
  • 275 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados