Site de Poesias

Menu

APENAS UMA CRIANÇA...

Uma criança,
Deitada,
Quieta e curvada,
Escondendo-se
Na posição fetal,
Soluçando...
E os soluços,
Como agulhas,
Que ferem,
Espicaçam o pensamento:
Onde estavam as mãos
Fortes,
Que deviam me proteger?
Guardar meu corpo,
Dar carinho e afeto
E aquecer meu coração?
As minhas...
Tão fracas e pequenas,
Agora feridas, machucadas,
Não puderam me defender!...
De quem era a mão
Forte!
Que tapava minha boca,
Impedia o meu grito
E matava a inocência
No meu coração!
Por que você papai?...
Meu pai...

Compartilhar

Reunião de Educadores para discutir medidas de propaganda contra pedofilia
Esta foi minha contribuição .Foram feitas cópias e foi colocado em diversos sites. Volta Redonda-15/05/2004

Pedro Paulo da Gama Bentes
12/02/2005