Site de Poesias

Menu

Nunca poderei viver sem ti

[Ilustração não carregada]

Te dou minha cintura para quando queiras abraçá-la
Meus lábios para quando queiras beijá-los
Minha loucura para quando queiras usá-la
Te dou meus suspiros para quando queiras sentir-me tua
Meu diário para que descubras todos os meus segredos
Meu corpo para quando queiras tocá-lo
Te dou meu sorriso para iluminar teu dia
Minhas roupas para que arranque-as do meu corpo
Meus olhos para que faça-os chorar de tanto te amar
Te dou minha orelha para queiras mordê-la
Minhas mãos para dar-te o prazer do meu toque
Meus gemidos para quando queiras enlouquecer
Te dou meu silêncio para quando precisares de paz
Meus seios para que sinta meu coração
Meu coração para que toque meus seios
Te dou até meus ossos para que quebre-os num abraço forte

Porque tu és meu sol,
A inspiração com que escrevo
O som da minha voz,
Os pés com os quais caminho
Tu és minha vontade de sorrir
O adeus que nunca direi,
Porque nunca poderei viver sem ti

Compartilhar

Ao meu doce e perfeito amor...
Te amo, Dani

maria clara
06/04/2008

  • 5 comentários
  • 1035 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados