Site de Poesias

Menu

Você

[Ilustração não carregada]

você chega passa me abraça
para agarra a minha calça cinto
sinto pressa preguiça tudo chupa
chupa meu queixo deixo
atiça cobiça tira a minha roupa pouca
fala cala ri da minha cara
desarruma a minha cama
chama inflama queima
aquece a minha casa caso
sim sim sim sim

beija a minha boca morde
gruda faz minha cabeça
segura a minha mão
invade a minha alma
é tua a minha vida
é teu o meu amor
relaxa sorri assume
agora procura marcas no pescoço
abraça o meu corpo
torto seu em volta ao seu

Compartilhar

..janeiro fevereiro abril agosto
quando olho o espelho só vejo o seu rosto
setembro outubro novembro dezembro
quando vejo o meu rosto é você que lembro.. Ponta Grossa

Silvio Prado
03/03/2008