Site de Poesias

Menu

Umas e outras (Pensamentos)

[Ilustração não carregada]

 
 
 
...Riem os lábios insolentes
das minhas dores que ninguém cura,
mas a dores não são só as minhas...
 
Há uma severidade no seu olhar
que espanta o meu coração...
 
Preservarei os meus ideais
alimentando os meus sonhos,
Ou - Alimentarei os meus sonhos...
preservando os meus ideais.
 
“Silenciosamente rumino nas minhas entranhas
o alimento amargo da sua indiferença”
 
 
...Os restos de mim eram mais conscientes
do que eu mesmo, por isso os pintei
com aquarela em uma tela imaginaria... 
 
Quando você diz que não tem certeza
Que acredita em alguém,
Fica difícil chegar a conclusão
De quem esta certo ou errado.
 
Nunca pairou sobre mim
As sombras da intolerância
E nunca operei a maquina do autoritarismo. 

Compartilhar

Obrigado pelo carinho da visita ao sai deixe um comentário ou uma simples critica.

Jose Aparecido Botacini
28/02/2008

  • 5 comentários
  • 1102 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados