Site de Poesias

Menu

Mar Dos Meus Anseios

                                               Imenso mar de águas escuras,
E temerosas funduras,
Que posso imaginar,
Eu posso buscar,
Em tuas bravuras,
Tamanhas ternuras,
Que estou a sonhar.
 
Nessas águas de espuma,
Mulheres tão lindas,
Ponho-me a pensar,
E na água salgada,
Eu deixo uma lágrima,
Se misturar.
 
Para que o mar,
Receba minha dor,
E me dê o amor,
Que quero encontrar.
 
 
 
 
 

Compartilhar

30/01/2008

  • 2 comentários
  • 2703 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados