Site de Poesias

Menu

Hino do amor de Deus

[Ilustração não carregada]


Funde-se a cidade com a natureza.
O lago amplo e sereno...
Contemplo tal beleza....

Os cisnes mergulhando
E eu lembro, vou pensando
Na criação de Deus....

O lago circundado
Do verde dessas árvores...
O som dos passarinhos
Com o som longe dos carros;
E em meio ao céu cinzento
E aos prédios amontoados,
Daqui, bem desse lado,
Tudo é tão calmo...

Crianças livres e correndo,
O burburinho das pessoas,
vrum da bicicleta,
Correndo o chão de terra.

De repente, u´a garça branca
Pousando com sua graça,
A graça de uma garça...

Em cima o vôo sozinho 
De mais um passarinho...
Na grama as pombas pretas,
Bicando um salgadinho.

Lindo, lindo, lindo!
Em meio ao céu cinzento,
No canto desses pássaros
Eu ouço, escuto um hino:
É o do amor de Deus!

 

 

Compartilhar

Poesia que fiz esta tarde no parque do ibirapuera, bem ali no Lago das Fontes, onde a natureza se funde com a cidade ao fundo..
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ São Paulo, SP - 27/01/2008

Rosely T. Sales
27/01/2008