Site de Poesias

Menu

Presença

Uma mão perto
Uma mão que sente
Uma mão que esqueça
Meus vícios complacentes
 
Uma mão encantada
Virtuosa e quente
Uma mão que não fala
Apenas em silêncio sente!

Compartilhar
Fabiana Agueda
17/01/2008

  • 0 comentários
  • 212 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados