Tão apaixonado


Deste teu jeito de me olhar
De teu corpo ao meu tocar
Faz de mim um eterno poetizar

Que de sorrisos eu transbordo
E de ti (sempre)  me recordo
Mas dessa saudade discordo 

Tornando a mim sentença
A este pobre coração avença
Do querer da tua presença
 
Contando os dias pra te ver
Para essa solidão perecer
E do mundo todo esquecer
 
Para estar (apenas) ao teu lado
Serenando o coração acalentado
Que por ti está tão apaixonado!

(11/12/2007)

Jaque Barbate
© Todos os direitos reservados