Site de Poesias

Menu

PROMESSA

O Universo marcou a Celebração do meu Ritual de Plenitude "Handfasting" para o dia 14 de novembro de 2010. Distante há pouco menos de três anos, que é o tempo que o Tempo me concede para o Reencontro Essencial, o Advento do Aury Zen, em não havendo minha vida mudado seu atual caminhar, serei Bruxa sem Coven ou se necessário for, desistirei do meu Legado, pois incapaz sou de me trair e te trair, Budhi-Manas!  Amo a ti, a nós, por toda a eternidade... 

Intertextualidade

Um amor Puro

"O que há dentro do meu coração
Eu tenho guardado pra te dar
E todas as horas que o tempo
Tem pra me conceder
São tuas até morrer

E a tua história, eu não sei
(...)
Um amor tão puro que ainda nem sabe
A força que tem
é teu e de mais ninguém

Te adoro em tudo, tudo, tudo
Quero mais que tudo, tudo, tudo
Te amar sem limites
Viver uma grande história

Aqui ou noutro lugar
Que pode ser feio ou bonito
Se nós estivermos juntos
Haverá um céu azul

Um amor puro
Não sabe a força que tem
Meu amor eu juro
Ser teu (tua) e de mais ninguém
Um amor puro"...  (Djavan)

Compartilhar

Na intertextualidade, Djavan completa meus sentimentos. A Budhi-Manas, com eterno amor! Goiânia, 11.12.07 01:55h


11/12/2007

  • 0 comentários
  • 432 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados