Site de Poesias

Menu

No nada

Só, sozinho, solitário
Eu e eu mesmo
Vagando no vácuo
Mergulhado em solidão
Sem nenhuma mão para me salvar
Só me resta me afogar
Nesse mar vazio
Sem água, sem vida
Só, sozinho, solitário
Eu e eu mesmo
Vagando no vácuo

Compartilhar

Essa é uma das poucas poesias q ñ manifesta o q sinto.
No momento estou mt bem acompanhado.
Essa poesia foi uma reflexão sobre a solidão, o vazio,
onde já vaguei bastante.. mas alguém me tirou de lá.
Mesmo ñ sendo o q sinto agora, posto pq foi escrito.
Sei q tá uma merda, q seja, já foi. Em 15 minutos de reflexão.

Gabriel Moon
06/10/2007