Site de Poesias

Menu

FENIX APAIXONADA

  

Nas asas do Beija- flor
Vou ao encontro do meu amor
Levo carícias e desejos
Ingenuidade e safadeza
Dos sonhos nunca contados.

Nas asas do Beija-flor
Levo um mundo de esperanças
De ter corpos entrelaçados
Todo o silêncio quebrado
Num “faz de conta” traçado.

Nas asas do Beija-flor
Sou como Fênix apaixonada
Transformando cinzas em emoções
Enfeitiçada por interrogações
Como dança incerta da via láctea.

Nas asas do Beija-flor
Vou em busca de sorrisos
Do moço bonito, Apolo destemido
Poço ardente jorrando alegria
Encantando a “Menina Sol”.

® val bomfim

Compartilhar
Val Bomfim
18/08/2007