Site de Poesias

Menu

LOUCA PAIXÃO


      
Finjo não notar
O brilho vidrado dos teus olhos
Percorrendo o meu copo
E desnudando a minha
Dissimulada timidez...
Com o coração pulsando
A toda velocidade
Fixo o olhar
Num ponto inexistente
Para esconder minha excitação...
Com as faces em fogo
Percebo que não vou resistir...
O teu olhar me devora
Cada vez mais...
Chego a sentir
Teu inexorável desejo
Clamando por mim.
Nossos passos se aproximam...
Uma sensação  estranha
Me tira do espaço.
Minha voz está embargada
E minhas mãos tremem...
Nossos corpos estão próximos...
Sorrimos um para o outro
E nossos dedos se entrelaçam.
Nossos lábios famintos e selvagens
Teimam em se encontrar...
Um longo e demorado beijo
Marca o início
De uma louca e abençoada paixão.
 
®val bomfim

Compartilhar
Val Bomfim
13/08/2007