On Line

Quando olho para frente vejo uma tela.....
e nela fico parado, pensando no seu sorriso...
fico espreitando em cada pagina da rede...
em busca sua, nem que seja um minuto, um segundo...
que loucura, aqui sentado em frente da tela, teclando como que implorando, suplicando sua presença....
quando estou quase desistindo, te vejo lá, seu nome escrito, on line...
meu coração sorri, bate descompassado...
no momento seguinte se abre no chat, e na can um sorriso...
ahhhh queria que o mundo visse, mas sou egoista...
não tenho o calor de seu corpo, mas sinto o calor de suas palavras...
não sinto o seu perfume, mas imagino sua fragancia...
não a tenho para acaricia-la, mas vejo o brilho e a ternura de seu olhar...
maginificos esses homens que inventaram a rede, o software...
que me aproximou de meu querer....
que me trouxe ela para perto de mim....
as vezes paro e penso, serei louco...
se apaixonar por apenas uma imagem...
um sorriso, um brilho no olhar...
não... seria mais louco se não desse azas a minha imaginação...
se deixasse de lado esse ardor da paixão...
seria sim louco se deixasse de ser louco e não dar vazão ao coração...
mas seria somente esse momento que estou on line...
pois que seja, que seja um minuto, um segundo ou que seja até simplismente cair..,
mas sei que de alguma forma estou mostrando minha paixão...
mostrando que o tempo e a distancia são insignificantes...
mesmo que seja numa tela, mesmo que seja on...


Para aqueles que não tem medo de uma paixão, mesmo que esta seja on...

São Paulo, 04 de julho de 2007