A pensar em você

A pensar em você


Há um verso em meu olhar
Que está a suplicar
Em meu peito o desejo
A saudade do teu beijo
Do teu abraço
Teu afago
Mas ao acordar
Deparo-me com a solidão
Em cada verso de suspiro
No ar que eu respiro
Bate forte o coração
Do despertar ao adormecer
Estou a pensar em você
O que posso fazer?
Ah... Saudade!
Que em meu peito invade
Entra sem pedir licença
Com descrença e ironia
Faz da nostalgia
A poesia do dia-a-dia...

(28/06/2007)

Que saudade dos meus olhinhos verdes! Das minhas covinhas!! De você INTEIRO!
Que pena que vai demorar... =\
Jaque Barbate
© Todos os direitos reservados