Site de Poesias

Menu

***Façanhas da Saudade***

[Ilustração não carregada]

 


Na saudade o peito implora
No desejo de te ver que me devora
Passam dias e meses a fio
E o meu canto está gelado e frio

Tua presença me aquece, me acalma
Tua companhia me acalanta a alma
Na saudade o peito implora
No desejo de te ver que me devora

O tempo passa de pressa
E com ele passam os fatos
E aceleram minha saudade
Num anseio que em meu peito aflora
No desejo de te ver que me devora

Compartilhar

São Paulo 27-03-06

***Claudia Ferreira de Souza *** antigo Claudia liz
27/06/2007