Site de Poesias

Menu

Confissões a Lua

[Ilustração não carregada]

Admiro a Lua
Nesta noite solitária
Seu brilho me contenta
Me lembra teus olhos
Olhos que me emocionaram
Com lágrimas de tristeza
Que não deixarei mais cair
Pois belo é teu sorriso
Irradia felicidade e a alegria
Que é melhor que a tristeza
Em falar em sorriso
Lembro-me de teus lábios
Tão atraentes
Invejáveis até para Afrodite
Lua, se soubesse o que sinto
Saberia porque espero o dia

Compartilhar

Escrevi pensando numa pessoa especial.
A entreguei no dia 21.
Esta é a unica poesia q deixei sub-entendido o nome de qm pensava qndo
escrevi. Pena q ñ foi bem recebida. :(
Levou a poesia e deixou o poeta. rsrsrs
Mas eu gostaria msm assim q guardasse como lembrança.
E saiba q senpre q precisar d mim, como amigo, estarei aki.
Sob a luz da Lua.
Bjs para essa musa e tds q acham q mereço ao menos um bj dela. rsrsrs
Comentem por favor. Noite do dia 20 para 21, noite de Lua crescente. +1 poesia da meia noite.

Gabriel Moon
21/06/2007