Site de Poesias

Menu

um dia de cada vez

eu posso ser para voce mais que um quebra cabeça,

pedaços de momentos não vividos

agora outorgados e sublimado pela tua presença

sendo teu objeto de consumo, desejo, talvez

legitimado pela aristocracia da palavra amor,

implícito em nossos devaneios

mas explícito em nossos olhares

cândido, fumegante como um braseiro

e ao mesmo tempo leve como uma brisa suave

não sei porque não deixa fluir esse manancial de dentro de ti

rebentar esse descomedido sentimento

e se entregar a volúpia desfigurada e transformada em certeza

apenas certa do presente que vivemos

nada além... um dia de cada vez.

Compartilhar
Fábio Avanzi
08/06/2007

  • 1 comentário
  • 265 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados