Site de Poesias

Menu

Meu principe

Meu claro amor que da luz vieste,
com tua luz me iluminas-te,
E  minha vida de luz enches-te...
Minha existencia da tua se alimenta,
Meu amor do teu se alimenta...
És meu colo, meu refugio...
As noites frias, contigo, se tornam quentes..
És o meu fogo...
Minha perdiçao...
A ti agradeço por me dares o que não deste a mais ninguem...
Muitas almas se indignao com tal acto...
A meu lado estas em todos os momentos,
Apreciando e comtemplando cada minuto...
A meu lado estiveste enquanto dava á luz o nosso pequeno grande tesouro...
Teu gesto de coragem me encorajou em tao nobre momento...
A ti, meu anjo dos ceus,
Com a ternura de uma pequena borboleta,
Te amarei...
Com meus cabelos te acariciarei em cada noite,
Te beijarei em cada amanhecer...
Porque és e serás meu principe,
E em teu cavalo branco te aproximas-te,
E contra tudo e contra todos lutas-te...

 

Compartilhar

Para o meu marido Duarte, por tudo k me da...
Pelo seu carinho, e principalmente pela grande prova de amor e coragem k me transmitiu ao assistir corajosamente ao parto do nosso menino, superando seu medo... Foste um grande Heroí...

Ana Duarte
04/06/2007

  • 3 comentários
  • 424 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados