Site de Poesias

Menu

Fuga

Andando pela estrada sozinho
Posso ver o céu cair
Sem lugar pra me esconder, nem ninguém pra me ajudar,
Suporto o peso sozinho.

Posso sentir a brisa da noite,
As estrelas me tocam com tristeza,
A lua fecha seus olhos para mim,
Sinto falta de minha fortaleza.

Não sei mais o que é realidade
Sinto seu perfume em toda parte
Meu coração ferido não pára de gritar
Paro, me ajoelho, e começo a orar.

Surge alguém ao meu lado
Comigo começa a chorar
Diz que sente o que sinto,
Diz que vê o que vejo.

Por dentro dos mares,
Sentindo o vento forte
Sou levado para outros lugares
Longe assim da solidão, tristeza e sofrimento.

Compartilhar
Diogo Roberto Reis
17/08/2001