Pelo exercício do amor
Seu coração vai crescendo,
Sempre amparando e acolhendo
Quem precisa de carinho:
Em todos vê seu valor,
Com todos ela se importa,
E os amigos que ela adota
Nunca se sentem sozinhos;
Porque mãe é mãe de sobra:
Nunca termina sua obra,
Não descansa e não pára por motivo algum.
E os filhos que a vida traz
Ela nunca acha demais:
No coração de mãe sempre cabe mais um.