Natureza

pelas ruas vou andando
vou falando do amor
De viver eu não me canso
Vou louvar meu Criador.

As belezas que eu vejo,
São aos poucos comparadas,
Mais é a própria natureza,
Que me deixa enamorado.

Vejo o vento acariciando,
As crianças a brincarem.
E dos lábios de uma mãe,
Vou ouvindo uma canção.

O homem se torna criança,
Quando é um vencedor,
Porque aquele que se humilha
A vitória sempre alcança.

Sidrolândia - MS

Lucileide Flausino Barbosa -(Lúcio Barbosa)
© Todos os direitos reservados