Site de Poesias

Menu

MEU RETRADO RETRATADO!!!


Hoje eu me rendo...
De frente ao espelho...
Vejo-me perdida em terra estrangeira...
Vivendo assim clandestina...
De mim mesma...

Meu retrato
Retrata o que sou...
Mas quem entenderá minha bandeira...
Fui atacada invadida em meu portal...
Fugi de quem me atacou...
Hoje clandestina estou...

 

Mas ainda ouço o mesmo tambor...
É uma voz que grita...
Volte... Volte...

 

Hoje decidi ser o dia...
Que aqui vou me revelar...
E sair de minha clandestinidade...
O atacante já foi descoberto...
Mas por segurança voltei a ser eu...
E também a clandestina...

 

De frente ao espelho...
Ele me diz almas idênticas...
Retratos iguais Clone de anjos e amor...
Continuo sendo sempre eu mesma...
E hoje só quero da clandestinidade sair...

 

SER QEU: VANIA STAGGEMEIER ** MULHER MISTERIOSA


É A MESMA PESSOA!

Compartilhar

Por Deus aos amigos eu peço...
Nunca tive a intenção de magoar ou mentir a qualquer um que fosse... Amo todos daqui...

Só desejo que me entendam que por motivos dos invasores..
Meu portal ficou por tempos fechado...
Mas aqui estou humildemente me retratando a todos amigos antigos..

Aos novos e aos que agora estão chegando...
E desejo que ninguém passe o que passei...
Mas se me entenderem desejo que continuem sendo todos meus amigos!
Se preferirem me julgar direi que estão no seu direito...

Meu carinho e amor a todos que gostam de meus textos sendo eu
A VÂ - AMISTICA OU A MULHER MISTERIOSA!
BJS NO CORAÇÃO DE TODOS...
COM A PRESENÇA DOS ANJOS GUARDIÕES! EM MEU LUGAR ANGELICAL!

Vania Staggemeier
01/12/2006