Site de Poesias

Menu

O sopro de Gabriel

TOCA A ESTRONDOSA CORNETA E ECOA
O SOM QUE PROVEM DO CORAÇÃO DIVINO
SOA FORTE COMO O BARULHO DE UM SINO
EIS O POMBO CORREIO QUE ALI VOA.

A SAGRADA LÂMINA DE MIGUEL PROTEGEU
A MENSAGEM MAIS IMPORTANTE JÁ DITA
PARA UMA MULHER BONDOSA E AFLITA
QUE POSSUIA O VENTRE QUE DEUS ESCOLHEU

EIS O PURO DOS MAIS PUROS LARES PARA O FILHO
DO SENHOR QUE HABITOU NO LEITO DE UMA MÃE-MULHER
O SENHOR DOS HUMANOS QUE MOROU ENTÃO SE QUER
NUM PROFANO E BLASFEMO MUNDO DE EXÍLIO.

A VIRGEM MÃE, QUE SOBREVIVEU AO NASCIMENTO
DO MENINO MAIS ABENÇOADO NA ANTIGA ÉPOCA
GUARDAVA EM SUA MEMÓRIA O SOPRO QUE VEIO DA BOCA
DE UM MENSAGEIRO QUE TROUXERA TAL ANUNCIAMENTO.

E A MULHER LEMBRAVA DO QUE VIRA, ENTÃO
QUE DESCERA ATRAVÉS DAS NUVENS O ARCANJO GABRIEL,
E OUVINDO O FARFALHAR DAS ASAS QUE VINHAM DO CÉU
A MULHER AJOELHOU-SE DIANTE DE SUA APARIÇÃO.

ESTAVA ALI, A PALAVRA OCULTA E QUE NO ENTANTO
FALAVA O NECESSÁRIO E O SUFICENTE COM A PRÓPRIA PRESENÇA
E DOS DONS QUE DEUS DEU AOS HUMANOS, ERA A CRENÇA
QUE MARIA TINHA NO PODER DAQUELE ANJO POR TAMANHO ENCANTO.

ERA O VENTO DO PARAÍSO QUE LHE ASSOPRAVA
NO INSTANTE EM QUE DEUS LHE CONCEDEU
O ESPÍRITO E O CORPO QUE NUNCA MORREU
PELAS MÃOS DO POVO QUE JESUS TANTO AMAVA.

Compartilhar

... Guarulhos-SP


21/11/2006