Site de Poesias

Menu

***Nuvem de Algodão “doce”***

Nesses versos vou agora
Fazendo o passado voltar
Recordando a tua infância
Brincando de adivinhar

Olha só veja no céu
A nuvenzinha a correr
Que parece um carneirinho
Ou um pássaro a descer

Bem branquinha
Bem fofinha
Corre brinca de esconder
Voa Voa corre corre
Nem da tempo de eu ver!

Parece algodão doce
Da vontade de comer
Um pirulito um cachorrinho
Em todas nuvens posso ver.

Vem aqui brincar comigo
De nuvenzinha admirar
Brincadeira gostosinha
Nuvenzinha adivinhar

***Cláudia Liz***

Compartilhar

Eu estava olhando pro céu e lembrando que quando pequena eu vivia procurando bichinhos no céu, nas nuvens, via carneirinhos, cachorrinhos, botas, mãos, e etc... E quem nunca ficou olhando as nuvens e tentando ver formas ????
Uma época gostosa que não volta mais a época da inância, as nuvens até podemos ver e imaginar formas mas não com a mesma visão e encantamento de uma criança.... São paulo 25-10-06

***Claudia Ferreira de Souza *** antigo Claudia liz
25/10/2006