Site de Poesias

Menu

Ao cair da noite

A chuva na janela embaçada
(açoitada pelo vento de terra molhada)
ao cair da noite de verão,
faz repousar a criança interior...
Depois de um dia de lutas,
com uma mistura de insanidade,
loucura e dor,
ao cair da noite de verão ainda pulsa
nesse peito um coração.
Coração, que, ao cair da noite,
só gostaria de poder dizer:
eu amo você!!!

Compartilhar

Na insanidade da correria cotidiana,uma pequena declaração de amor muitas vezes esquecida...Diga sempre a quem vc ama o quanto essa pessoa lhe é importante... Na solidão noturna da casa... Olhando a chuva na vidraça...

Marcos Leandro Silvano Higino
15/10/2006