MEU OUTONO!!!

O mundo era o ar que eu esperava...
Não tinha nada...
Vaguei perambulei e clamei...
E nele tudo estava vazio...
Morto e mudo caído abandonado...
Tudo era alheio...
Tudo era dos outros e de ninguém...

Até que um dia em tua beleza...
E em tua pobreza nasceu o outono...
Com lindas manhãs e belos entardecer...
Mas tudo ainda era triste...
As folhas caiam... Flor não tinha...

E num bosque perdida me achei...
Tudo era vazio escuro e sedenta eu estava...
Vagando e pensando no homem na vida atual...
Tanta dor... Tanto desprezo em lares...
Famílias amores e amigos...

Drrepente ouvi o sussurrar dos ventos...
Trazendo com ele a chuva fina...
Pra minha sede matar...
Molhar a terra e assim eu posso dizer:
Que o OUTONO é o declínio da vida...

Talvez um momento de planejar...
Rever nossos conceitos procurar em nós o amor...
Onde o perdemos...
Onde ficou o companheirismo...
Buscar tudo em nós...

Sem comentarios...

Vã - Amistica
www.amistica.com
http://feiticeiradasletras.blogspot.com/
www.poetasadvogados.com.br

Em algum lugar tentando me reencontrar!