Site de Poesias

Menu

"VÍRUS DA PAIXÃO" (Soneto).

Chamou-me atenção o teu olhar
eu li nos teus lábios o que você dizia,
peguei na tua mão, te tirei pra dançar
recordo até hoje, aquela noite fria.

Rostos colados, o meu e o teu...
a canção suave fez-nos excitar,
beijei-te na boca você correspondeu
foi naquela noite que comecei te amar.

Somente nos beijos esta noite ficou
senti que ali nascia o meu primeiro amor,
e foste na verdade a quem amei primeiro.

Você, foi quem roubou meu coração
contagiou-me com o vírus da paixão...
e entre nós nasceu o amor verdadeiro.

Compartilhar
Antonio Hugo
04/09/2006