Cinco gostos, cinco estrofes

Elenco aqui, do cotidiano as cinco

gostosuras que me fazem feliz

O elenco, no descanso de domingo,

De um série, anime ou filme na Netflix!

 

Em meu silêncio, no ônibus ou na academia,

Pelo fone, a MPB pulsa e me transporta

Para meu amado Brasil, em sinfonia

Rompe a monótona realidade e me conforta!

 

Não há expressão mais divina, o arrebol!

Os detalhes da ciência, de misteriosa beleza,

O verde ou a água, cintilando dourados pelo sol

Viver a contemplar a vida da natureza!

 

A semana corre e as vezes me pilha

a energia, com meu tempo conturbado

Mas se no fim de semana reencontro a família

Com alegria, mato a fome do corpo e do afago

 

Na metalinguística estrofe, termino meu quinto

E último cotidiano prazer, que por terminar se sente

O fim de um poema ao percorrer meu labirinto

da alma criativa, último arremate da mente!

Guilherme dos Anjos Nascimento
© Todos os direitos reservados