A fé, a razão e a ciência

Depois de uma tempestade o sol voltou a brilhar
trouxe-nos mais alegria que em palavras é impossível expressar
era uma batalha diária travada em nosso interior
meu espírito tocava a vida onde a ciência pouco enxergou
foram dias de angústia, de agonia e de muita oração
deixamos nas mãos de Deus, mas me enganava a minha razão
quando pensamentos contrários surgiam querendo a fé distrair
balançava a cabeça num gesto fazendo tais pensamentos sair
era o fruto da mente que sobre a minha humanidade prevalecia
a fé me dizia uma coisa mas a minha mente mentia
procurei a razão na ciência mas ela pouca esperança me deu
a mente então aguçada afrontava os claros desígnios de Deus
lutamos dias e noites, a fé, minha mente e a ciência
a fé me dava esperança enquanto da ciência eu ouvia:
ele é jovem, é forte, ele vai sair dessa, e isso, me fortalecia
era preciso ter paciência tudo é no tempo de Deus
mas minha mente acelerada na frente do tempo estava
enquanto Deus me acalmava ela, apressada, voava
mas, em espírito, das profundezas eu invocava, pois, só Deus
o coração de um pai e de uma mãe em completa agonia
chorando e clamando por salvação Ele compreenderia
Ele usou a ciência, que esmero! quanta dedicação, quanto cuidado
ouvimos palavras tão duras mas Ele é Deus da ressurreição
ao ver meu filho sofrendo num leito, sozinho, ali entubado
uma cena que meus olhos não queriam jamais ter filmado
eu não podia estar ao seu lado mas via anjos acampados
embora ele estivesse naquele quarto isolado
bastava uma palavra de Deus para ele ser recuperado
eu me apeguei ao que Deus tinha me falado, Ele não mente
coisas não vistas a fé pode tocar, os médicos e enfermeiros
eram anjos a lhe cuidar, minha mente não podia mais me enganar
finalmente, após dez dias passados a fé prevaleceu, a ciência venceu,
a mente que mente se rendeu à boa, perfeita e agradável vontade de Deus
agora nos alegramos, aprendemos em tudo uma lição
quando Deus está no comando nada escapa de Suas mãos
vencemos um inimigo invisível, uma bactéria, um horror
damos graças a Deus por tudo, a vida é coisa muito séria
precisamos dar um pouco mais de valor, amar o que Deus ama,
querer o que ele quer procurar saber e fazer Sua vontade
andar e viver pela fé porque nessa luta entre a vida e a morte
Deus sempre foi o Senhor reconheço minha fragilidade
mas Ele nunca me deixou, atendeu o meu pedido e nosso filho curou
Seus ouvidos a nossa oração inclinou, com sua misericórdia o alcançou,
hoje grato lhe sou, há uma infinita gratidão pela vida que Deus preservou..

Zeca Moreira
© Todos os direitos reservados