Dia a dia.

A cada hoje, não sou o mesmo que ontem fui.

Algo mudou em mim. Uma nova ruga, talvez.

O brilho de uma nova compreensão ou

a dor de uma nova incompreensão, me completa.

 

A cada hora, sou uma nova existência.

A cada minuto, sinto-me diferente.

Mais sofrido, quem sabe? Mais sábio, talvez...

 

A cada dia, sou uma nova pessoa.

Então, ama-me hoje, queira-me agora.

Amanhã, pode não mais existir motivo para tal.

 
JRUnder

JRUnder
© Todos os direitos reservados