Lavas

Montes de lavas vulcânicas,
Há muito, formaram montanhas
Hoje , abrigam florestas
Mas guardam segredos nas entranhas.
 
Paixões, antes incandescentes,
Que se fizeram  poesias.
Hoje abrigam saudades,
Lembranças daqueles dias.

O que se forma no tempo,
No tempo sempre irá ficar.
A vida passa e deixa
Histórias pra se contar.

Meu coração, feito lava,
Ardeu dentro do meu peito,
Hoje  restaram as cinzas
Dos sonhos que foram desfeitos.

Jrunder (JRUnderavícius)
© Todos os direitos reservados