MELISSA

Abriu-se os portais do universo
Pra festejar seu nascer,
Flor de abril e primavera
Brota doce feito mel,
Os beija-flores te esperam.

Vem com sorriso de ninfa
E herança de juventude,
Minha princesa do Egito
Deus és farol do teu mundo.

No teu pólen há propósitos
De vida imensa e pura,
Vem adoçar nossos dias
Com a tua doce ternura.

Vem rebento mel de cana
Menina doce melanina,
Teus olhos são holofotes
Que o teu destino ilumina.

Farei pra ti uns versinhos
Caso um dia você chorar,
Pedirei aos passarinhos
Que cantem pra ti ninar.

Gil Miranda
© Todos os direitos reservados