A culpa é da saudade.

Desculpe, mas nem mesmo sei
De que forma lhe explicar,
Mas hoje, minha amiga Saudade,
Me pediu para lhe ligar.

Eu, até que tentei,
Resisti por um momento.
Mas ela trouxe um amigo,
Conhecido por Tormento.

Os dois também convidaram
Uma tal de Ansiedade,
E essa trouxe sua irmã, 
Que se chamava Vontade.

Aí não teve mais jeito,
Com saudade e atormentado
Fiquei de tal forma, ansioso
Que não resisti a vontade.

O Telefone, bandido
Pulou em minhas mãos tão veloz,
Parece até que sabia
Que amo ouvir sua voz...

JRUnder
© Todos os direitos reservados