kitsune

Em outros olhos estive vidrado,
demorei em estar presente,
faltei ao ser correspondente, 
Mas penei em saudade do nosso passado!

Por nós dois: crianças na noite em conversa,
Na minoria, nos livros, nas revoltas todas,
Nas cenas e nas ácidas discussões tolas,
ou aprofundando o que minha cabeça versa.

É interessante para mim, te ter como você é
E se  tudo o que passavamos entristecia em despedida 
Se alegra agora, quando ainda persiste em minha vida
Amigo, sábio e lendário, como kitsune.

Guilherme dos Anjos Nascimento
© Todos os direitos reservados