Me sacia


De longe grita meu nome
De perto me acaricia
Me toma em teus braços
Me beija
A minha sede sacia
Em teus versos me perco
E as rimas
Razão dessa minha alegria
É sal que me destempera
Me alimenta a poesia

Maria Isabel Sartorio Santos
© Todos os direitos reservados