O NADA

O NADA

O nada diz respeito ao ser
Um conato da consciência
Na experiência do escolher
Factual ideia da existência

Um farol que está aparente
Na possibilidade do dasein
Reflexão da humana mente
Convicções que se esvaem

Aquele que é ser-no-mundo
Insiste num vazio profundo
Instiga no ente o desespero

O oculto que não é exagero
Ao ser-para-si que se revela
Na realidade que se desvela

Marco Antônio Abreu Florentino

Referências: Jean Paul Sartre e Martin Heidegger.

NOTA: Filosofar é preciso... versejar também. Um casamento perfeito.

https://youtu.be/75c802FTtuA
(Confortably Numb - Pink Floyd)

Marco Antônio Abreu Florentino
© Todos os direitos reservados