Amor acalma

Ah! Morena querida
Ah! morena, morena...
Talvez, se tu soubesses,
Mas soubesses de verdade
O quanto vale um amor
E o quanto dói a saudade...

Não farias desse jeito,
Zombando do que tenho feito,
Pra mostrar o carinho
Que por ti, guardo em meu peito.

Ah! Minha doce morena
Não fuja do meu olhar.
Meus olhos ardem, vermelhos,
Só porque choram por ti,
Choram por te amar.

Vem, fica aqui ao meu lado,
Deixa de amor te falar.
Amor não mata, morena...
Acalma e nos faz sonhar...

Jrunder (JRUnderavícius)
© Todos os direitos reservados