Choque

Choque

Na esquina das nossas carências
Houve a colisão frontal:
Quando os corações bateram,
Foi perda total!

Dois desejos, sem receio,
Acelerados, engatados,
Sem para-choque e sem freio,
Se arranhando
Lado a lado...

Nos teus olhos derrapei;
Por teus lábios, eu não nego,
Nem vi que me apaixonei:
Me pegou no ponto cego!

Co'a distância não espere
Que eu jamais me acostume,
Já que eu sinto em minha pele
O fluido do teu perfume!

Limitar o próprio corpo
Borbulhando adrenalina
É tentar conter o fogo
Derramando gasolina.

Na esquina das nossas carências
Houve a fatal colisão:
Foi ao longo das tuas curvas
Que eu perdi a direção.

Foto de Ralfs Blumbergs no "Unsplash": https://unsplash.com/phot...