Silente

E então, me calo.

E na minha mudez me resguardo de todos os  pensamentos sombrios.

Porque faltam-me adjetivos e verbos que expressem essa totalidade de sentimentos.

E mudo sou conselheiro.

Calado sou poeta.

Inexpressivo sou compreensivo.

Jrunder (JRUnderavícius)
© Todos os direitos reservados