Mergulhado em poesias

Desculpe, mas estou lhe amando.

Sei que você não pediu. Mesmo assim, aconteceu...

E enquanto o tempo, veloz, vai passando,

Em meu peito vou carregando, este amor que é todo seu.

 

Perdão, por não me conter...

Tem fatos que a vida não explica.

Não poderia eu saber, que mesmo assim, sem querer,

O amor aparece, e fica.

 

Se hoje me faço poeta, ouço falar: Quem diria!

Mas, por não poder lhe abraçar,

Passo meus dias na escrita,

Mergulhado em poesias...

Jrunder (JRUnderavícius)
© Todos os direitos reservados