Pagina vida

Compor a poesia no ritmo dos meus sonhos.
Descortinar a verdade escondida no meu semblante.
Apresentar aos olhos de quem sabe contemplar o que vive em mim.
Um enredo entrelaçado pelas tintas emanadas do coração,
onde se faz necessário virar as páginas da vida,
esquecer o passado da alma sofrida.
Nos capítulos onde coloco nossos momentos, apaguei nossos tormentos.
Não devemos mudar esse livro, que escrevemos cheio de paixão,
que nos leva a folhas em branco ainda para serem escritas,
linha a linha sobre o amor que acreditamos.
Passamos por etapas em nossa vida,
por momentos e sentimentos que são momentâneos.
Sou o toque de cada página virada e de histórias bem contadas.