DÈJÁ VU

DÈJÁ VU

Sensação estranha mal explicada
Para o desconhecido reconhecido
Um passado de memória ignorada
Ou um evento relevante esquecido

Ambiente que outrora foi marcante
Sentimento que transitou distraído
O amor que sucedeu num instante
Tudo que foi perdido fica indefinido

Quem sabe a história se repetindo
Ou talvez o eterno retorno agindo?
O karma espiritual de outras vidas

Por dívidas atreladas às despedidas
Só não pode um povo desorientado
Anuir repetir as chagas do passado

Marco Antônio Abreu Florentino

https://youtu.be/SbgtQM57p-I
(La Bohème - Charles Aznavour)

Marco Antônio Abreu Florentino
© Todos os direitos reservados